Arquivo para novembro \28\UTC 2008

28
nov
08

Meme Random

Primeiro meme que faço, que emoção estou comovido (momento choro de emo, hahaha que tosco >_<). Recebi este convite do Careca do RPG no Paço. Agora, mãos à obra!.

Agora, postando as regras:

  1. Link a pessoa que te pegou;
  2. Poste as regras em seu blog;
  3. Escreva 6 coisas aleatórias sobre você;
  4. Pegue mais 6 pessoas e coloque os links no final do post;
  5. Deixe a pessoa saber que você o pegou, deixando um comentário no blog dela;
  6. Deixe os pêgos saberem quando você publicar seu post.
  7. A regra variante, diga o que espera de seu futuro.

Regra 3

1) Eu adoro a cor preto, como aqueles que me conhecem e sabem que 95% das minhas roupas são pretas. Na maioria das vezes quando compro algum caderno, tenho que ter um de capa preto, meu blog tem a cor preto, entre outros. Irônico que normalmente quando ganho roupas, dificilmente é de cor preto.

2) Adoro escutar metal e dificilmente quando aguentar qualquer outro tipo de musica por muito tempo, principalmente pops, pop rock, funk e qualquer outro que é somente ruídos (sim, estou provocando!). Toda a vez que vou usar o computador, desenhar e em algumas vezes, quando estou estudando (não sei por que, mas consigo me concentrar quando ouço música).

3) Sou muito perfeccionista. Sou à ponto de que se algo não estiver da melhor maneira possível, refaço tudo novamente até que fique do jeito “certo”. Sou famoso por enquanto estou desenhando, apagar quantas vezes for preciso até acertar algum detalhe minúsculo. Ou reescrever várias vezes alguma história ou similares nas minhas campanhas de RPG. E guardar todos os meus jogos de video-game por ordem alfabética e estar sempre arrumando-os.

4) Por incrível que pareça eu odiava matemática e sempre fui mediano, mas agora é esta matéria que terei de seguir pelo resto da minha carreira caso eu me forme em Ciências da Computação e venha a trabalhar nesta área (nunca se sabe o futuro né?).

5) Eu demoro muito para fazer as coisas (provavelmente por causa do nº 3), e se tento apressar o passo, demoro mais ainda!

6) Tenho o hábito de escrever ou desenhar para organizar minhas idéias, como quando me encontro diante de um problema de física ou matemática, sempre desenho o objeto e etc. Sempre quando quero por uma nova idéia no papel, eu faço uma espécie de tópicos e uma riscalhada sem nexo de palavras e frases.

Regra 7

Eu espero esperançosamente que consiga passar neste vestibular da UFRGS e me formar em Ciência da Computação. Assim também, espero trabalhar como desenvolvedor de jogos em alguma grande empresa (nada de menos, apenas empresas como Ubisoft, Capcom, etc.) e viver muito bem =) sempre de bom humor. Claro que há mais coisas, mas aí vou ficar anotando até amanhã (hehehe).

Os Convidados

Tomo 4e

RPG Planet

RPGista

Covil

Inominattus

Área Cinza

como a maioria ja fez o meme, só postei os links, mas não vou ficar convidando todo mundo. hahaha eu sou preguiçoso mesmo! xD.

25
nov
08

Futuros Posts

Bom, agora está chegando fim do ano e estou estudando pro vestiba daqui de Rio Grande do Sul. Por causa disso, tenho que intensificar meus estudos muito mais agora, então estou estudando o dia inteiro (acho que 6 horas por dia ou mais) enquanto não trabalho (ainda xD). Assim, vou acabar postando bem pouco ou nada. O blog voltará a ficar ativado no fim do vestibular da UFRGS (a federal daqui), e com força total! Aguardem e desculpas se o blog ficará um pouco esquecido.

22
nov
08

Edit de Meio-Vampiros

Como eu tinha dito no comentário do post anterior, eu daria uma revisada e iria ajustar a raça e seus talentos. Então como prometido arrumei as coisas agora e editei o post. Meus agradecimentos para o pessoal que criticou e deu idéias para a raça (especialmente o Zsig da DDbrasil). Agora não será mais um estilo raça/modelo e sim uma raça única mesmo. Eu coloquei as informações de regras em inglês para não acarretar problemas na tradução. Espero que dêem uma olhada novamente e gostem do post ^^.

17
nov
08

Dhampirs (Meio-Vampiros)

Está aí pessoal, conforme o combinado no post anterior que eu colocaria uma nova raça. Olhando nos meus livros de D&D 3.5 (especialmente o Librís Mortís) e após ver meu irmão jogar Legacy of Kain – Defiance, me empolguei e resolvi postar esta nova raça para a galera. Eu procurei fazer de um mode genérico, pois esta raça será originalmente de meu cenário em criação, Terras Sangrentas. Espero que gostem e comentem! Críticas construtivas são boas para ajeitar alguma coisa que tiver de errado ou desequilibrado e etc. Agora chega de papo e vamos a raça:

vampire female by Xavier Collete

DHAMPIR

Descendente de seres das trevas que podem andar sob a luz do dia, mas serem tão frios e tenebrosos quanto a escuridão completa.

RACIAL TRAITS

Average Height: 5´ 6˝–6´ 2˝

Average Weight: 135–220 lb.

Ability Scores: +2 Dexterity, +2 Charisma

Size: Medium

Speed: 6 squares

Vision: Low-light

Languages: Common, choice of one other

Skill Bonuses: +2 Perception, +2 Stealth

Bloodgreedy: You gain a +1 racial bonus to damage rolls against bloodied foes.

Blood Dependency: You have a dependency for blood. If you didn’t ingest a quantity of 500 ml of blood in the last 24 hours, you loose a healing surge that can be restored after you ingest 500 ml of blood (that happens after you ingest it). This loss of healing surges is comulative for every extended rest. You can suck the blood of live intelligent creatures and the blood got from your blood drain racial power doesn’t count as the diary 500 ml of blood you should ingest.

Necrotic Resistance: You have resist necrotic 5 + one-half your level.

Blood Drain: You can use blood drain as an encounter power.

Blood Drain Dhampir Racial Power

You trespass your victim’s defenses to suck her blood inflicting pain. This pain is just your way to recover your vitality.

Encounter Healing

Standard Action Melee 1

Prerequisite: Target is a living creature and is bloodied

Targets: One creature

Attack: Strength + 2 vs. Fortitude, or Dexterity + 2 vs. Fortitude

Hit: 1d6 + Charisma modifier damage, the target is dazed until the end of your next turn, and you can spend a healing surge.

Increase to 2d6 + Charisma modifier damage at 11th level, and 3d6 + Charisma modifier damage at 21st level.

Special: When you create your character, choose Strength, or Dexterity as the ability score you use when making attack rolls with this power. This choice remains throughout your character’s life and do not change the power’s other effects. You can’t receive the benefit of bloodgreedy racial trait when using this power.

Possuindo uma herança vampírica, considerada maldita por muitos, os dhampirs (dhampiresa no feminino singular) não possuem reinos, vivendo em territórios de outras criaturas ou nas pouquíssimas comunidades próprias de sua raça ou de vampiros. Eles geralmente são temidos e odiados pelo mundo o qual habitam.

Jogue de dhampir se você quiser…

Ser um herói que possui uma mácula para superar.

Ser um pária que luta pela sobrevivência entre aqueles que lhe odeiam.

Ser um membro de uma raça que favorece as classes bruxo (warlock), ladino (rogue) ou bardo (bard).

Qualidades Físicas

A aparência de um dhampir (dhampiresa no feminino) demonstra sua descendência vampírica. Suas orelhas possuem um formato variável, desde o normal da espécie humana até um pontudo élfico ou com pontas similares a espinhos; possuem presas iguais a de um vampiro; seus olhos podem ser orbes avermelhados ou amarelados, ou possuírem a íris de cor vermelha, amarela, alaranjada e até mesmo um cinza tão pálido que parece ser apenas um orbe esbranquiçado. Eles possuem a cor da pele em tonalidades humanas variáveis, desde um pouco mais clara que o normal até um cinza ou pálido cadavérico. Seu cabelo possui tonalidades muito escuras, geralmente sendo o preto, ou tende a ser prateado ou branco.

Dhampirs preferem cores escuras como azul marinho, verde musgo e especialmente o preto ou o vermelho, lembrando sangue. Eles favorecem roupas que possam esconder algumas imperfeições em sua pele, que é um pouco mais freqüente do que em humanos, e luvas para não perceberem que sua pele é fria, um sinal de um vampiro ou dhampir. Eles normalmente gostam de armas espinhentas ou que possuem lâminas curvas.

Jogando de Dhampir

Dhampirs são descendentes de uma antiga linhagem de vampiros. Há várias lendas e boatos de como surgiram os dhampirs e como eles podem “nascer”. Há aqueles que dizem que há vampiros tão poderosos e que conseguiram acumular tanto sangue, podendo gerar um filho com um humano, mesmo que seu corpo naturalmente não permitiria tal feito, gerando assim, descendentes com algumas características de ambos os pais. Outros apontam que dhampirs podem ser gerados caso uma humana grávida – e especialmente o filho que ela carrega, sobreviva ao dreno de sangue de um vampiro e após tornar-se um “vampire spawn” ou um “vampire lord” através do ritual. Então após o parto, seu filho seria um dhampir. Existe uma terceira versão famosa, dizendo que um dhampir somente é gerado através de um ritual profano, pois apesar de vampiros poderem gerar descendentes com mortais, eles sempre “nascerão mortos”. Independente da lenda, os dhampirs existem há um bom tempo e podem gerar descendentes tranqüilamente como se fossem humanos. A chance de gerar um dhampir que possua algum dos pais não-dhampir é a metade. Por exemplo: um dhampir que gere um descendente com um elfo, possui 50% de chance de nascer dhampir ou meio-elfo. Somente gerando descendentes com tieflings gerará apenas tieflings, devido a sua maldição.

Devido a sua ligação com vampiros e sua fome por sangue, fizeram os dhampirs serem muito odiados desde séculos atrás até os tempos atuais. Isto acabou tornando-os auto-suficientes e amargurados, preferindo muitas vezes a reclusão que expor-se ao perigo de um ataque por parte do povo que não o compreende. Muitas vezes este impacto é tão grande, que não é raro dhampirs que caçam qualquer humanóide apenas por diversão ou ódio. Precisando ser forte para viver em um mundo que os odeiam, dhampirs são difíceis de considerar qualquer um seu amigo. Eles são bons em fingir tais sentimentos, mas poucos conseguem ganhar sua confiança, e para aqueles que conseguem realizar tal feito, dhampirs mostram-se companheiros e até leais.

Dificilmente um dhampir venerará alguma divindade, eles até podem reconhecer que existam, mas para eles os deuses são apenas manipuladores para conseguirem poder, preferindo confiar em si mesmo. Alguns poucos veneram divindades como Vecna, Orcus, Rainha dos Corvos e Sehanine; clérigos e paladinos dhampirs são raros.

Dhampirs preferem viver em lugares em que possam esconder-se ou passarem despercebidos facilmente; como em grandes cidades; ou lugares escuros e sombrios; como esgotos, cemitérios, entre outros. Dhampirs aventureiros normalmente seguem este caminho para serem reconhecidos e não discriminados; outros rejeitam sua descendência e decidem caçarem morto-vivos; também há aqueles que simplesmente buscam ouro e fama. Normalmente dhampirs que decidam seguir outros caminhos além de aventuras se tornam bandidos, chefes de crime, manipuladores, trapaceiros e até caçadores.

Características do dhampir: Solitário, auto-suficiente, selvagem, melancólico, astuto, manipulador, encantador, misterioso, sinistro, soberbo.

Nomes de dhampir: Normalmente usam nomes de humanos, vampiros ou do meio em que vivem. Um dhampir normalmente adquire vários nomes durante sua vida, usando aquele que lhe convém no momento.

Aventureiros Dhampirs

Três exemplos de dhampirs aventureiros são descritos abaixo.

Moebius é um dhampir bruxo que caminha entre o bem e o mal. Há tempos ele tenta se adequar à sociedade humana e fazê-la para de lhe odiar. Ele tem medo que seu pacto com o Reino Distante acabe deixando-o louco e cometendo ações cruéis ou terríveis, pois a cada dia que passa, Moebius sente mais vontade de machucar os outros. Seus parceiros enxergam esta dificuldade e sabem que ele é uma pessoa boa, mas temem que ele torne-se o contrário involuntariamente. Moebius acredita que seu destino está traçado nas estrelas e de alguma forma ele será importante.

Elisabeta é uma dhampiresa ladina que se sente em casa nas ruas de cidades humanas. Ela fazia parte de uma gangue, mas traiu seus comparsas para conseguir ouro. A realidade do mundo para ela é sobrevivência, e ela fará qualquer coisa para conseguir uma boa vida. Fugindo da gangue, ela se uniu a um grupo de aventureiros. Com o grupo, ela começou a ganhar riquezas e fama, coisas que mais deseja. A experiência com amizade entre os membros do grupo é algo novo para ela, que viveu durante muito tempo no meio de traições.

Kaedon é um dhampir bardo, muito trovador e astuto. Ele sempre teve talento para a lábia e um conhecimento de lendas estrondoso. O povo de sua terra natal o odeia, assim como muitos neste mundo, o que o obrigou a seguir uma carreira de perigos, o qual ele não teme mais. Com palavras carismáticas e inspiradoras, seus companheiros conseguem ir além do limite, assim como Kaedon que sempre está à procura de um desafio mais perigoso. Ele acredita que suas baladas e feitos irão acender uma luz neste mar de trevas.

NOVOS TALENTOS

Heroic Tier Feats

Blood Scent [Dhampir]

Prerequisites: Dhampir, trained in Perception

Benefit: Whenever time a living creature is bloodied, you can track her localization. You can use a minor action to determine the exact position of a creature up to 5 squares of you without a Perception check. If you try to localize the position of a creature more than 5 squares but less than 20 squares, you only knows her supposed localization.

Manipulative Gaze [Dhampir]

Prerequisites: Dhampir, Cha 13

Benefit: You can use the manipulative gaze as an encounter racial power instead of blood drain racial power.

Manipulative Gaze Dhampir Racial Power

With a gaze, your eyes glow and you penetrate in victim’s mind, subjugating her to do what you want.

Encounter Charm

Minor Action Ranged 5

Targets: One creature

Attack: Charisma vs. Will

Hit: The target is dominated until the end of your next turn. You only can dominate one target per time.

Ranged Blood Drain [Dhampir]

Prerequisites: Dhampir, blood drain racial power

Benefit: You can use the blood drain racial power with ranged 5 or melee 1.

Paragon Tier Feats

Bloodbath [Dhampir]

Prerequisites: Dhampir, blood drain racial power, ranged blood drain

Benefit: You can target up to 3 creatures in an area of blast 3 when using the blood drain racial power. You only spend a single healing surge, not a surge per creature.

15
nov
08

Proezas Marciais

Eu estava dando uma lida num post sobre personagens marciais do Dungeon Mastering e ele me inspirou, então estou colocando aqui a minha visão sobre isto.

Dê uma polida

warrior by Kalman Andrasofszky
Em praticamente todas histórias e lendas nos deparamos com personagens que não possuem nenhum tipo de poder mágico ou sobrenatural, apenas seu equipamente e uma força de vontade tremenda para ultrapassar seus desafios, seja Rei Arthur, Conan o Bárbaro, Hércules e qualquer outro. Todos possuem uma coisa em comum: Eles possuem alguma marca ou algo que os deixam facilmente serem reconhecidos. E este é o ponto chave: coloque características que não precisam ser necessariamente originais ou únicas, mas que demonstrem como seu personagem é ou que marcam ele. Um exemplo disso aqui no meu grupo é um Senhor da Guerra (warlord) que é um monge de Khrono (deus da ordem em meu cenário), ele é careca possuindo apenas um rabo de cavalo no estilo monge budista, mas possui o símbolo enorme de Khrono na cabeça. Nunca se esqueça disso, quanto mais personalizável é o equipamento de um personagem marcial, mais único e divertido será. Isto é para os GMs: Dê equipamentos legais pra seus jogadores, seja qual for. é muito mais divertido um bárbaro saber que sua espada larga dentada foi feita através de ossos resistentes de um dragão do que simplesmente uma espada larga +2. Não é preciso criar nenhum equipamento mágico novo, apenas mude sua aparência. Coloque um rubi no cab; detalhe a lâmina com inscrições em dracônico ou supernal; faça a armadura do paladino do deus natureza ser feita de madeira de uma dríade por exemplo. Não se esqueça de saber e perguntar os gostos dos jogadores, quanto mais participação deles, melhor será o jogo!

Uma questão de Interpretação

Quando mago conjura seus misséis mágicos ou um clérigo usa seu raio radiante, rapidamente essa cena nos vem à mente, elas são fáceis de se interpretar. Mas e quando o ranger pega suas três flechas e dispara-nas juntas, ou quando o guerreiro faz um ataque duplo? Aí começa a ficar mais difícil. Agora com o D&D4 os personagens marciais ganharam muito espaço para demonstrarem que eles também podem fazer coisas legais através de seus poderes. Não descreva o ataque duplo (twin strike) do ranger simplesmente como dois golpes, descreva que ” um dos golpes acertor a barriga do adversário e depois com um giro para se esquivar da machadada do orc, o ranger corta a garganta dele com sua outra arma”. Diga que “através da grande proeza do senhor da guerra em se embrenhar na multidão de gnolls e sair golpeandos com fúria, acabou inspirando todos os outros parceiros a reganhar sua bravura”. A descrição tanto do mestre ou dos jogadores manda na aparência direta do jogo e como será “divertido” ou “heróico” para todos. Uma sugestão também é deixar o jogador descrever suas próprias ações, por exemplo: “você rolou um crítico e agora o gnoll berserker está sangrando (bloodied), como você descreverá?”.

Bom, talvez este post tenha ficado até um pouco genérico, mas é isso aí, se inspirem em grandes heróis da mitologia ou filmes para criarem seus personagems “porradeiros”. “Ele ali lembra o Conan? lembra o Legolas? Não importa! o que importa é a diversão!”. Deixo aí para o pessoal comentar e falar sobre o assunto. Como que vocês descrevem seus personagens marciais?

Nos vemos no próximo post, que terá uma raça nova!

14
nov
08

Bem vindo a meu castelo

Bem vindos a Castles & Dragons! este é um site dedicado a RPG de mesa, principalmente sobre Dungeons & Dragons 4º Edição, mas caso me venha algum post na cuca sobre outros sistemas ou cenários eu coloco aí para vocês! Para aquele que não sabe ainda o que é RPG ou não sabe nada sobre D&D 4, você vive em que mundo? Numa era medieval? dê uma olhada aqui.

Meu nome é Jean F. da Silva e sou o que diríamos de RPGista iniciante. Comecei a jogar através do Manual Turbinado 3D&T (se não me falha a memória é este nome) e depois migrei para o Dungeons & Dragons 3º Edição. Nunca joguei excessivamente e sempre fui o Mestre (tá, narrador se preferir) e agora passo para a 4º Edição. Gosto de experimentar novas idéias e novos sistemas. Criei este blog para expor minhas pérolas filosóficas rpgísticas e material que eu e meu grupo produz. Ja criei algums cenários próprios, mas atualmente estamos (eu e meu grupo) trabalhando no Projeto Terras Sangrentas, nosso novo cenário medieval-high-techmagic, se é que podemos chamar assim. Espero que gostem do meu trabalho e sempre estarei me aprimorando.

Que abram os portões de meu castelo!




 

Calendário

novembro 2008
D S T Q Q S S
    dez »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

Licensa

Creative Commons License
Castles & Dragons

Visitas

  • 32,544 hits